Skip to content

Episódio 44: Ricardo Dias Ferreira

Depois de sete anos na Austrália a trabalhar em alguns dos melhores restaurantes do mundo, Ricardo Dias Ferreira regressou a Portugal, no ano passado, para se dedicar ao seu Elemento: um dos primeiros restaurantes em Portugal a trabalhar só com fogo.

Atualize as subscrições do ASSIM ASSADO através destes links diretos: Spotify | Apple Podcasts

O Homem cozinha com fogo há quase 2 milhões de anos. Não é, por isso, de estranhar que haja cada vez mais restaurantes a celebrar essa forma de cozinhar. É o caso do Elemento, o projeto que Ricardo Dias Ferreira abriu aos 31 anos – e no início do ano passado – depois de sete anos a trabalhar na Austrália, primeiro no Quay Restaurante; depois no espaço pop up do restaurante Chiado – o primeiro restaurante português em Sydney; e, por fim, à frente do restaurante Altitude, no hotel Shangri-La.

Chamam-lhe “fire dining”. O Elemento é um restaurante que gasta, em média, quatro toneladas de lenha por mês – e onde não há instalação de gás – para se poderem fazer todas as criações próximas de um conceito de fine dining. “Servimos um menu diário com ingredientes especialmente selecionados, de pequenos produtores e de preferência locais (…) procurando sempre pela criatividade, novos sabores e receitas.”

Ricardo diz que é um desafio trabalhar em cima desta imprevisibilidade, não só na forma de cozinhar, mas também na escolha livre que tem para a carta, construída em função destes produtos que lhe chegam diariamente.

Voltar a acender a chama

Ricardo Dias Ferreira cresceu em Leiria e foi lá que passou grande parte dos últimos três meses, o tempo em que o seu Elemento, no Porto, esteve fechado pelos sabidos motivos de saúde pública.

Ontem, dia 17 de junho, foi dia de reabertura, um mês depois de o governo ter decretado a reabertura, com medidas específicas, dos espaços de restauração. Esta é uma conversa que aborda, naturalmente, o momento do fecho do Elemento, mas também a possível ansiedade que o chefe já sentiria na reabertura do espaço – no caso de Ricardo Dias Ferreira, praticamente nenhuma.

E na próxima semana… o apoio da EatTasty

Na próxima semana o Assim Assado terá um convidado especial, num episódio que contará com o apoio da plataforma de refeições caseiras EatTasty: Rafael Tonon, jornalista brasileiro e um especialista na área da gastronomia, para uma conversa sobre os tempos da pós-pandemia, ideias e perspetivas para a área da gastronomia e restauração. 

Não se esqueçam de subscrever o podcast Assim Assado no Spotify e no Apple Podcasts para receberem os alertas de novos episódios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *